7 de fev de 2014

Padre Avelino assume a Paróquia de Jaguaruna


Nascido em uma família de agricultores no ano de 1971, padre Avelino de Souza iniciou os trabalhos junto à igreja, ainda em tenra idade, quando exercia a função de coroinha. Através do incentivo do Pe. Marcos Rech, decidiu seguir a vida religiosa, e aos 16 anos Avelino entrava para o seminário.
No ano de 1995 finalizou a graduação em Filosofia, Psicologia e Sociologia pela Universidade do Sul de Santa Catarina, Unisul. “Naquela época eram as três áreas juntas, hoje funciona um pouco diferente”, relembra o padre.
Em 1996 fez estágio em Araranguá. No ano de 2000 ele conclui a graduação de Teologia em Florianópolis. A ordenação presbiteral aconteceu em 12 de agosto de 2001, na igreja de São Cristovão, em Tubarão.
A primeira paróquia em que trabalhou foi Nossa Senhora Imaculada Conceição, do bairro Morrotes, em Tubarão, no ano de 2001. Entre os anos de 2002 e 2003 trabalhou na cidade de Imbituba. Voltou para a paróquia do bairro Morrotes em 2004, onde permaneceu até 2013.
A aceitação e a valorização do trabalho realizado na comunidade de Morrotes cresceu ao longo dos anos, com destaque para as missas celebradas às quintas-feiras, intitulada de Novena da Medalha Milagrosa. “Foram dez anos de trabalho, eu recebia na missa das quintas-feiras milhares de fiéis. Foi um trabalho muito bonito e que quero realizar aqui também em Jaguaruna”, destaca o novo pároco.
Com a posse realizada no último domingo, 02, ele inicia um novo trabalho. “Iniciamos os trabalhos, estou atendendo diariamente e nesta sexta-feira acontece a primeira missa com novena em honra a Nossa Senhora das Dores. Vamos nos reunir todas as sextas-feiras, cada semana trazendo um tema diferente para as nossas orações, onde a população poderá adquirir o folder da novena com a medalha”, destaca o pároco.
A expectativa para a realização das novenas é bastante grande. “É natural gerar uma expectativa, tanto do povo quanto nossa. Eu espero uma grande participação do povo e que haja colaboração nesta nova caminhada”.
Atendendo a população desde terça-feira, o padre diz que já percebeu que muitos estão precisando de orações, precisando renovar o ânimo. “Pude perceber muitos corações feridos neste pouco espaço de tempo, pessoas machucadas, desanimadas, achando que não tem mais jeito. Mas temos que lembrar sempre que o nosso Deus é o Deus do impossível”.
Padre Avelino também esteve realizando algumas vistorias e destaca que será necessário algumas melhorias na estrutura física da igreja. “Nós teremos que fazer algumas melhorias no espaço físico da nossa matriz e eu espero a colaboração de todos”, finaliza.
A missa e novena em honra a Nossa Senhora das Dores, será realizada todas as sextas-feiras, às 19h30min, na igreja matriz de Jaguaruna.

Colaboração: Jornalista Angela Barbara Pereira/ Folha Regional
Fotos: Vanderleia Pereira/ Pascom



0 comentários:

Postar um comentário